O PROJETO

Infelizmente erros judiciários acontecem. O Projeto Inocência busca corrigir erros através das ferramentas jurídicas.

O trabalho é realizado pro bono, conforme as determinações do Código de Ética e Disciplina da OAB/PR bem como o Provimento 166/2015.

Os casos serão analisados após a comprovação da incapacidade financeira, que deve ser comprovada através de holerite, a profissão exercida, extrato bancário e imposto de renda.

Os casos deverão ter transitado em julgado, o que significa dizer que não existem mais recursos. Além desse requisito, é necessário que o réu deve estar cumprindo pena.